Marketing: Os 20 jovens mais influentes nos média, marketing e tecnologia

Março 27, 2012 by  
Filed under Notícias

As mentes que estão por detrás da inovação e mudança nos médias, marketing e tecnologia fazem vibrar milhões de pessoas em todo o mundo sem terem um reconhecimento público pelo seu trabalho, como os actores ou os desportistas que podem-se tornar bastante conhecidos.

Para colmatar este desconhecimento, os editores da Adweek escolheram os jovens mais influentes nos média, marketing e tecnologia, prestando homenagem a quem lidera e é uma fonte de inspiração tanto dentro como fora da sua área.

Os 20 jovens mais influentes nos média, marketing e tecnologia

1 – Jeff Benjamin – Estados Unidos – Chief Creative Officer, JWT
Um verdadeiro revolucionário criativo com vários prémios na área da publicidade, incluindo o Grand Prix em Cannes. Benjamin, de 37 anos, passou anteriormente pela Crispin Porter + Bogusky and Goodby, Silverstein & Partners.

2 – Anthony de Rosa – Editor de média sociais – Reuters
A Reuters pode não ser uma fonte privilegiada no que toca a média sociais, mas devido ao trabalho de De Rosa, 36 anos, o gigante de comunicação tem se tornado num modelo em como os média tradicionais podem influenciar os sociais. De Rosa também apresenta o programa inovador na Reuters TV “Tech Tonic”.

3 – Brandon Berger – Global Chief Digital Officer – Ogilvy & Mather
Berger, de 37 anos, está no centro da máquina Ogilvy, reportando directamente ao CEO global da empresa, Miles Young, e é uma das peças principais do recente Social@Ogilvy. Ele também ajudou a construir o primeiro grupo de inovação digital. “Eu também tenho dois filhos pequenos e um golden retriever, portanto não durmo muito”, afirma.

4 – Ethan Goodman – Diretor e estratega digital – Leo Burnett/Arc Worldwide
Goodman queria ser um apresentador de programas desportivos ou um agente de jogadores mas transferiu-se para as grandes ligas do marketing como um dos mais novos diretores em qualquer área da agência. Goodman faz parte da equipa digital e de comércio eletrónico que trabalha com a Procter&Gamble, tendo contribuído para o aumento das receitas digitais e vencendo importantes concursos para trabalhar com a empresa de bens de consumo.

5 – Noah Kerner – Co-fundador, CEO e CCO – Noise
Quando chegou aos 30 anos, Kerner era um sério empreendedor, autor de livros e DJ para a Jennifer Lopez. Agora com 35, Kerner lidera a loja que fundou a Noisa, que se especializa em influenciar jovens e ajuda clientes, incluindo a Intel e a Trident, a alcançar a faixa dos 18 aos 34 anos como campanhas que misturam tecnologia, cultura e focadas no negócio.

6 – Jason DeLand – Fundador – Anomaly
DeLand, filho de um reparador de telhados e de uma cabeleireira, mantêm a sua ética de classe média mas também delira com a competição. No seu primeiro trabalho na publicidade, ele foi essencial para uma série de vitórias sob o comando de Carl Johnsson, tendo-se tornado chefe de new business aos 22 anos. Os dois juntaram-se em 2004 para lançar a agência Anomaly. Hoje, DeLand gere a conta da Budweiser, o maior cliente da filial de Nova Iorque.

7 – Joe Fernandez – Co-fundador e CEO – Klout
Fernandez de 33 anos não espalha só a sua influência – ele tenta fazer uma economia inteira disso. Com a Klout, a start-up que ele co-fundou em 2008 e que se auto-intitula como “O padrão para a influência”, ele criou um método para medir a influência dos média sociais e medir as reputação dos consumidores online. No último ano, a Klout trabalhou com marcas como a Audi, para transformar “os créditos sociais” em descontos e ofertas.

8 – Lauren Connolly – Diretora Criativa – BBDO
Connolly está há nove anos na BBDO, e foi a co-criadora do anúncio da M&Ms para o SuperBowl deste ano. Antes, Connoly ajudou a lançar a marca de telemóveis Cingular com a campanha “Raising The Bar” que foi usada mais tarde para a AT&T.

9 – Maile Carpenter – Editora-chefe – Food Network Magazine
A revista da Hearst foi lançada em 2009 e conquistou uma circulação paga de 1,4 milhões de exemplares, no que foi um dos lançamentos de revistas com mais sucesso de sempre. O modelo da revista vai ser aplicado ao novo lançamento da Hearst, a HGTV Magazine.

10 – Clara Shih – Co-fundadora e CEO – Hearsay Social
Shih, de 29 anos, tem sido apelidada como a pessoa mais influente no marketing social. Após ter sido nomeada para a direção da Starbucks em Dezembro, tendo já passado pela Google, Microsoft, e Salesforce, deverá desempenhar um papel principal no futuro na cadeia de venda de cafés.

11 – Jimmy Soni – Editor – The Huffington Post
Soni tem um dos empregos principais no império de Ariana Huffington e não sem controvérsia. Em Janeiro, quando foi nomeado para o seu cargo, a sua falta de experiência no jornalismo profissional levantou muitas questões. No entanto, o seu currículo é impressionante: passou pela consultora McKinsey, a autarquia de Washington D.C. e o seu primeiro livro, uma biografia do político da Roma Antiga, Cato o Novo, vai ser lançado este ano.

12 – Richard Stainer – Diretor executive – Bartle Bogle Hegarty
Stainer cresceu em Belfast, e disse à sua mãe, aos cinco anos, que queria ir para Cambridge, o que veio a acontecer. Na publicidade, o triatleta, com 37 anos, aprendeu a liderar com autoridade e integridade com Chris Powell e Nigel Bogle. Actualmente, lidera 182 funcionários e é responsável pela conta global da Google, a segunda maior da empresa a seguir à Unilever.

13 – Juliana Stock – Diretora de marketing e produto – Condé Nast
Stock, dirige a incubadora de novos negócios da Condé Nast, responsável pelo crescimento de novas empresas digitais e tem mudado lentamente a forma como as pessoas pensam sobre o consumo de publicações imprensas.

14 – Jason Sutterfield – Chief Operating Officer – Campfire
Em 2011, um ano após ter-se juntado à agência digital Campfire, Sutterfield foi promovido de chefe de produção para COO. Neste cargo, ele supervision os recursos humanos, infra-estruturas e produção. Sutterfield liderou uma das campanhas de maior sucesso da agência, como a promoção do épico de fantasia da HBO “Game of Thrones”.

15 – Britton Taylor – Diretor de planeamento – Wieden + Kennedy
Taylor, de 36 anos, é o estratega por detrás da popular campanha da Old Spice “Smell like a man, man”. Taylor juntou-se a Wieden em 2006 para liderar o planeamento estratégico para a Starbucks. O publicitário decidiu entrar no mundo da publicidade após uma experiência negativo como professor de alunos de sétimo ano.

16 – Leah LaPlaca – Vice-presidente de programação e aquisições – ESPN
Após uma década na ESPN, LaPlaca de 39 anos, gere o que é o activo mais valioso do império de média: a conta da NFL. A responsável foi instrumental para garantir que o programa Monday Night Football continuava na ESPN até 2012, num contrato que vale 1,9 mil milhões de dólares anuais para a NFL. Outro contrato em que LaPlaca mexeu os cordelinhos foi o da NBA, que vale 485 milhões de dólares por época para a liga de basquetebol.

17 – Ben Lerer – Co-fundador e CEO – Thrillist
Lerer foi um dos co-fundadores da Thrillist em 2005 e actualmente o site tem 3 milhões de subscritores. No próximo ano, o site deve alcançar receitas no valor de 100 milhões de dólares e prepara-se para uma possível entrada em bolsa.

18 – Bill McGoldrick – Vice-presidente – USA Network
Em 2005, McGoldrick deixou a NBCUniversal onde era responsável pelas series de ficção cientifica para a Spike TV. Actualmente, é responsável por algumas das series de maior sucesso da cadeia como: Monk, Psych e Fairly Legal.

19 – Jonah Peretti – Fundador – BuzzFeed
Peretti foi um dos co-fundadores do Huffington Post antes de lançar o BuzzFeed e tem recrutado jornalistas para transformar o site numa fonte de notícias respeitável.

20 – Timothy Shey – Diretor – YouTube Next Lab
Shey fundou a empresa Next New Networks em 2007, que foi adquirida pela Google o ano passado. Agora, como director do YouTube Next Lab lidera o movimento para desenvolver conteúdos de vídeo online, ou seja que possam ser comercializados e rentabilizados.

Fonte: Dinheiro Vivo



Comentários

  1. Falta aí o Gary Vaynerchuk!!!