Artigo de Opinião “A Flórida da Europa” (Revista SPOT)

A Flórida da Europa

Por Bruno Silva

Artigo de Opinião publicado na Revista SPOT

Ao nível do desenvolvimento de Portugal e do seu modelo de competitividade têm surgido 2 correntes importantes nos últimos anos. Uma corrente tem defendido que Portugal deve transformar-se numa “Califórnia da Europa” e outra corrente tem defendido que o nosso país deve transformar-se numa “Flórida da Europa”.

A “Califórnia da Europa” pressupõe uma forte aposta nas industrias criativas, tecnologias de ponta, startups, empreendedorismo tecnológico, tal como tem acontecido nessa região dos EUA com grande destaque para Silicon Valley. Em certa medida Portugal tem apostado também neste caminho, e a aposta no Web Summit, nas incubadoras e aceleradoras tecnológicas, e no posicionamento do capital de risco e business angels a apostar em grande medida neste tipo de sectores de actividade, têm permitido sonhar com esse posicionamento.

A “Flórida da Europa” pressupõe uma forte aposta em serviços direcionados a uma faixa etária mais envelhecida, que incluem serviços de saúde, alojamento local, imóveis de 2ª residência, actividades de lazer, etc. já que é uma região nos EUA para onde se mudam muitas pessoas, séniores já em fase de reforma ou de pré-reforma, de forma definitiva ou então para passarem algumas temporadas do ano naquela região. Neste segmento, o turismo e o imobiliário assume um posicionamento muito relevante, e em grande medida temos assistido também a uma forte aposta neste posicionamento.

Existem vários factores que podem intensificar a que a “Flórida da Europa” seja uma realidade, como as viagens low cost, o preço relativamente baixo do nosso imobiliário, plataformas como o airbnb, tripadvisor, booking entre outros, que permitem facilmente a qualquer turismo encontrar hotéis, guest-houses, casas de alojamento temporário, restaurantes, cafés, bares, ou outros pontos de interesse e de visita, tudo à distância de um telemóvel e de alguns clicks.

À medida que o nosso Turismo tem crescido e vários turistas influentes têm vindo a conhecer a nossa gastronomia, a nossa cultura, a nossa segurança e a nossa boa capacidade de bem receber, cada vez mais os principais destinos portugueses começam a ser referenciados por figuras públicas, líderes de opinião, sites e revistas especializadas que sugerem e promovem o nosso país e as nossas regiões como um local para se visitar ou até mesmo para viver.

Recentemente temos verificado vários exemplos dessas figuras públicas associadas a Portugal como é o caso de John Malkovich, Monica Belluci, Michael Fassbender, Eric Cantona, Christian Louboutin e mais recentemente Madonna! Tratam-se de figuras públicas na maior parte dos casos “séniores”, acima dos 50 anos, com carreiras internacionais de sucesso, com bom nível de vída, e que  irão levar a que mais “seguidores” conheçam o nosso país, permitindo que a “Flórida da Europa” seja uma realidade, e onde também a tecnologia, as startups e a criatividade continuarão a ter um papel importante no nosso desenvolvimento, podendo o nosso país assumir-se com um posicionamento diversificado e atractivo, tendo a hipótese de conciliar de forma equilibrada a visão da “Flórida da Europa” com a visão da “Califórnia da Europa”.

 

Bruno Silva

—> Perfil de Bruno Silva no Facebook
—> Perfil de Bruno Silva no LinkedIn

# Coach, Consultor e Formador nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo, desde 2009 na InnovMark, colaborando também com Instituições de Ensino Superior, Entidades de Consultoria e de Formação profissional, Associações Empresariais, onde se incluem projectos geridos pela AEP, IAPMEI, CAP, AIP, CCP, CIG, etc.

# Speaker / Orador, desde 2009, com mais de 100 presenças nos principais Congressos, Seminários, Workshops e Conferências nacionais e Feiras de Negócios nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo.

# Fundador e Community Manager, desde 2006, do Portal Inovação & Marketing, que conta actualmente com mais de 80.000 Subscritores, considerando todos os formatos de subscrição, sendo um dos maiores projectos deste género em Portugal.

# Fundador e Community Manager, desde 2013, do “Dish Mob Portugal” que promove o espírito “Dish Mob”, e que está a transformar-se num dos principais movimentos nacionais de promoção do networking e aceleração de ideias nas áreas da inovação e do empreendedorismo.

– Licenciatura em Gestão pela Universidade do Minho.
– Pós-Graduação em Marketing pelo IPAM – Marketing School.
– Pós-Graduação em Gestão da Tecnologia, Inovação e Conhecimento pela Universidade de Aveiro
– Curso de Especialização em Empreendedorismo de Base Tecnológica pela Universidade de Aveiro
– Formações Profissionais em Vendas, Excelência Pessoal, Inteligência Emocional e Criatividade, Gestão do Stress, Organização de Eventos, Comunicação em Público, E-Business, etc.