Artigo de Opinião “A Assistente do Google que fala consigo” (Revista SPOT)

Partilha!

A Assistente do Google que fala consigo (Revista SPOT)

Por Bruno Silva

No mês de novembro a Google disponibilizou a Assistente do Google na língua portuguesa, e esta será uma revolução na forma como vamos passar a interagir com os dispositivos ligados à internet. A forma como interagimos com os “computadores” evoluiu do teclado para o toque com o dedo, e a partir de agora passa a ser possível interagir com os dispositivos por voz, em português, falando com o telemóvel (Assistente do Google). Essa tecnologia já estava disponível há algum tempo, no entanto a Google foi a primeira grande marca tecnológica a disponibilizar a Assistente do Google na língua portuguesa de Portugal.

Basta afirmar “OK Google” para o telemóvel activar a Assistente do Google, e se por exemplo afirmarmos “como está o meu dia” a assistente dá as boas vindas, diz o nosso nome, mostra como está o tempo, quais os compromissos na agenda para o dia de hoje. É possível solicitar a distância ou o tempo que uma viagem decorre até determinado local ou cidade. É possível solicitar por voz que seja enviado um SMS ou uma mensagem via Whatsapp para determinada pessoa, e depois falar qual a mensagem pretendida e em seguida confirmar o envio da mensagem sem necessidade de tocar com o dedo num teclado ou num ecrã. É possível fazer uma lista de compras, e sempre que alguém se lembrar de um produto que é necessário adquirir pedir à Assistente para adicionar o produto à lista de compras. É possível solicitar que a Assistente adicione um evento para determinada hora com determinada designação na nossa Agenda.

Uma das funcionalidades mais importantes está relacionada com as pesquisas que se pode fazer no motor de buscas do Google, solicitando informações por voz. Por exemplo, se alguém perguntar “o Que é o Natal?” a assistente da Google dá uma breve resposta em voz além de sugerir o link do Wikipedia. Noutros temas a Assistente pode apenas mostrar os links relevantes no ecrã. Se alguém disser o comando “Ok Google, sugere um restaurante perto daqui” a Assistente sugere restaurantes num raio de 4 Kms de acordo com a nossa localização e os perfis e classificações do Google Business / Google Maps.

No entanto, estas são apenas algumas das funções iniciais dos Assistentes Virtuais que podem ser comandados por voz, já que a Inteligência Artificial irá evoluir imenso. Aliando a Inteligência Artificial à Internet das Coisas e à Domótica, será possível interagir também com outros dispositivos ligados à internet, como por exemplo a TV de casa, a Iluminação, electrodomésticos, entre outras funcionalidades. À medida que os dispositivos estejam conectados à internet é possível por exemplo solicitar à Assistente do Google que ligue ou desligue a TV da sala, que ligue ou desligue a luz da sala de estar, entre outras situações que apenas eram possíveis em filmes de ficção científica.



Bruno Silva

—> Perfil de Bruno Silva no Facebook
—> Perfil de Bruno Silva no LinkedIn

# Coach, Consultor e Formador nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo, desde 2009 na InnovMark, colaborando também com Instituições de Ensino Superior, Entidades de Consultoria e de Formação profissional, Associações Empresariais, onde se incluem projectos geridos pela AEP, IAPMEI, CAP, AIP, CCP, CTP, CIG, etc.

# Speaker / Orador, desde 2009, com mais de 100 presenças nos principais Congressos, Seminários, Workshops e Conferências nacionais e Feiras de Negócios nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo.

# Fundador e Community Manager, desde 2006, do Portal Inovação & Marketing, que conta actualmente com mais de 80.000 Subscritores, considerando todos os formatos de subscrição, sendo um dos maiores projectos deste género em Portugal.

# Cronista desde 2006 no Portal Inovação & Marketing, Revista Inovar-te, Portal AEP, Revista Brasileira de Administração, Revista Farmácia Distribuição, E-Go-Marketing, Revista Portugal Inovador (Jornal Público), RTP2, Marketing Farmacêutico e Revista SPOT.

# Fundador e Community Manager, desde 2013, do “Dish Mob Portugal” que promove o espírito “Dish Mob”, e que é um importante movimento nacional de promoção do networking e aceleração de ideias nas áreas da inovação e do empreendedorismo, com mais de 30 eventos já organizados.

– Licenciatura Pré-Bolonha em Gestão pela Universidade do Minho (2004).
– Pós-Graduação em Marketing pelo IPAM – Marketing School (2006).
– Pós-Graduação em Gestão da Tecnologia, Inovação e Conhecimento pela Universidade de Aveiro (2007)
– Curso de Especialização em Empreendedorismo de Base Tecnológica pela Universidade de Aveiro (2007)
– Formações Profissionais em Vendas, Excelência Pessoal, Inteligência Emocional e Criatividade, Gestão do Stress, Organização de Eventos, Comunicação em Público, E-Business, etc.



Partilha!



Enter Google AdSense Code Here

Tell us what you're thinking...
and oh, if you want a pic to show with your comment, go get a gravatar!