Artigo de Opinião ” Aposta nos Talentos” (Revista SPOT)

Partilha!

A Aposta nos Talentos

Por Bruno Silva

O conhecimento e a tecnologia são dois dos principais “combustíveis” para a inovação, aliados a uma boa gestão da inovação, capaz de transformar ideias em propostas de valor acrescentado. Nesse sentido a União Europeia tem há vários anos apostado em elevar o nível de habilitações escolares e de competências profissionais dos cidadãos europeus.

Neste aspecto Portugal está aquém da média da UE tendo apenas 54% da população activa com habilitações iguais ou superiores ao 12º ano (2,8 milhões em 5,2 milhões de população activa, segundo a Pordata). Há 10 anos eram ainda menos, 1,7 milhões em 5,5 milhões, ou seja, apenas 31% da população activa tinha habilitações iguais ou superiores ao 12º ano de escolaridade.

Nos próximos 10 anos é expectável que esse objectivo se aproxime dos 4 milhões de população activa com escolaridade mínima ao nível do 12º ano (pelo menos 75% da população activa), e para tal desígnio a União Europeia tem apostado na valorização do conhecimento adquirido ao longo da vida, existindo em Portugal a opção dos RVCC’s (Reconhecimento e Validação e Certificação de Competências) que tanto podem ser desenvolvidos ao nível da vertente escolar como também ao nível da vertente profissional.

A rede de Centros Qualifica está espalhada pelo país e, por exemplo, em Braga existem 5 Centros Qualifica (ACB – Associação Comercial de Braga, Município de Braga, IEFP – Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga, Inovinter Braga e IPME – Instituto PME Formação), sendo que no caso do Município de Braga tal acontece através de parcerias com escolas secundárias, sendo os outros 4 Centros Qualifica mais vocacionados para a formação profissional, tendo experiência em RVCC escolares como também muita experiência nos RVCC profissionais, devido à sua larga experiência ao nível da formação profissional.

É possível em diversas etapas certificar os vários níveis de ensino, 4º ano, 6º ano, 9º ano, 12º ano, através de processos RVCC escolares ou através de EFA’s – Cursos de Educação e Formação de Adultos, com matriz escolar ou com matriz escolar e profissional, permitindo a dupla certificação (nível de habilitação escolar e também certificado profissional reconhecido a nível europeu).

Esta política europeia lançou também a Caderneta Individual de Competências, agora designada de “Passaporte Qualifica” em Portugal, que pretende registar e elencar todas as formações escolares e profissionais que cada cidadão vá adquirindo ao longo da vida, sendo um documento gratuito que pode e deve ser obtido no site com a mesma designação.

A aposta no Conhecimento, na Tecnologia e na Inovação veio para ficar, e compete a todos nós dominar ao longo da vida o conhecimento e a tecnologia que são mais relevantes a cada momento para a carreira profissional que desejamos prosseguir.



Bruno Silva

—> Perfil de Bruno Silva no Facebook
—> Perfil de Bruno Silva no LinkedIn

# Coach, Consultor e Formador nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo, desde 2009 na InnovMark, colaborando também com Instituições de Ensino Superior, Entidades de Consultoria e de Formação profissional, Associações Empresariais, onde se incluem projectos geridos pela AEP, IAPMEI, CAP, AIP, CCP, CTP, CIG, etc.

# Speaker / Orador, desde 2009, com mais de 100 presenças nos principais Congressos, Seminários, Workshops e Conferências nacionais e Feiras de Negócios nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo.

# Fundador e Community Manager, desde 2006, do Portal Inovação & Marketing, que conta actualmente com mais de 80.000 Subscritores, considerando todos os formatos de subscrição, sendo um dos maiores projectos deste género em Portugal.

# Cronista desde 2006 no Portal Inovação & Marketing, Revista Inovar-te, Portal AEP, Revista Brasileira de Administração, Revista Farmácia Distribuição, E-Go-Marketing, Revista Portugal Inovador (Jornal Público), RTP2, Marketing Farmacêutico e Revista SPOT.

# Fundador e Community Manager, desde 2013, do “Dish Mob Portugal” que promove o espírito “Dish Mob”, e que é um importante movimento nacional de promoção do networking e aceleração de ideias nas áreas da inovação e do empreendedorismo, com mais de 30 eventos já organizados.

– Licenciatura Pré-Bolonha em Gestão pela Universidade do Minho (2004).
– Pós-Graduação em Marketing pelo IPAM – Marketing School (2006).
– Pós-Graduação em Gestão da Tecnologia, Inovação e Conhecimento pela Universidade de Aveiro (2007)
– Curso de Especialização em Empreendedorismo de Base Tecnológica pela Universidade de Aveiro (2007)
– Formações Profissionais em Vendas, Excelência Pessoal, Inteligência Emocional e Criatividade, Gestão do Stress, Organização de Eventos, Comunicação em Público, E-Business, etc.



Partilha!



Enter Google AdSense Code Here

Tell us what you're thinking...
and oh, if you want a pic to show with your comment, go get a gravatar!